Home  |    Notícias  |    Jornal   |    Fotos   | Vídeos

Noticia de: 26 de Outubro de 2017 - 07:41

Plenário da Câmara rejeita denúncia contra Temer por 251 a 233 votos
Votação favorável ao presidente Temer alcançou os 172 votos necessários para rejeitar a denúncia




 
 

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Pouco mais de um mês após chegar à Câmara, os deputados rejeitaram na noite de hoje (25) o pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) para investigar o presidente da República, Michel Temer, e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria Geral). Foram 251 votos contrários à autorização para investigação, 233 votos favoráveis e duas abstenções. Com isso, caberá ao presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia, comunicar agora à presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Carmén Lúcia, a decisão da Casa. Foram 486 votantes e 25 ausentes.
 
O parecer votado hoje foi apresentado pelo deputado Bonifácio de Andrada (PSDB-MG), que recomendou a inadmissibilidade da autorização da Câmara para que STF iniciasse as investigações contra o presidente e os ministros. O parecer já tinha sido aprovado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) por 39 votos a 26, além de uma abstenção.
 
Disputa pelo quórum
Durante os últimos dias, a oposição, ciente que não teria os 342 votos necessários para autorizar as investigações, trabalhou intensamente para impedir que os deputados comparecessem à sessão. Isso porque o regimento interno da Casa estabelece que a votação só poderia ser iniciada com a presença mínima de dois terços dos deputados em plenário. Com isso, os oposicionistas pretendiam adiar a votação e, assim, prolongar o desgaste do governo. Os partidos de oposição chegaram a fechar acordo para que poucos deputados usassem a palavra e com isso não se alcançasse o quórum necessário para iniciar a sessão. 
 
Reagindo à tática da oposição, a base aliada e o próprio presidente da República passaram a acionar deputados da base, mesmo os que votariam contra o governo, para marcarem presença na sessão. Os governistas estavam confiantes de que alcançariam o número mínimo de presentes e também os 172 votos necessários para impedir o início da investigação.
 
Início da sessão
A sessão destinada à apreciação do parecer de Andrada teve início por volta das 9h, quando falaram o relator e os advogados de defesa dos três acusados. Em seguida, menos de 20 oposicionistas fizeram o uso da palavra defendendo a rejeição do relatório e, com isso, o debate foi dominado pelos aliados do governo.
 
Na primeira sessão do dia da Câmara, apenas 332 deputados marcaram presença, número insuficiente para iniciar a votação. A oposição comemorou o feito no Salão Verde, estampando faixas e cartazes pedindo a saída de Temer. O líder da minoria, deputado Jose Guimarães (PT-CE), parabenizou os colegas da oposição que não registraram presença no plenário.
 
“Nós tivemos uma vitória espetacular. O PT, PDT, Psol, PCdoB, Rede, Avante, PHS, PPS, Rede, vários partidos que mesmo com uma ou outra divergência nós conquistamos uma vitória extraordinária contra o governo. Nós seguramos, tiramos leite de pedra. Foram 191 deputados que não marcaram presença”, disse.
 
Enquanto a oposição comemorava, chegou ao plenário a notícia da internação do presidente Michel Temer. Com isso, os opositores ao governo insistiram, sem sucesso, no cancelamento da sessão. Apesar dos apelos, a sessão prosseguiu após as 14h, com o quórum aumentando lentamente.
 
Mesmo sob tensão, as lideranças do governo tentavam amenizar o clima e acalmar os aliados mostrando que o presidente passava bem e que era apenas uma pequena complicação urológica. O deputado Beto Mansur (PRB-SP), um dos principais articuladores do governo, reiterou que a situação estava sob controle e que a votação seria tranquila com vitória folgada do Planalto.
 
No meio da segunda sessão, Rodrigo Maia (DEM-RJ) ameaçou encerrar os trabalhos com o argumento de que não haveria deputados suficientes na Casa para iniciar a votação hoje. “Esse debate só desgasta a Casa. Eu vou esperar mais um tempo e vou encerrar. Estou aqui desde 9h colaborando para que essa votação ocorra hoje”, afirmou. Poucos minutos depois, deputados de partidos da base aliada do governo que ainda não haviam registrado presença compareceram ao plenário e o quórum de 342 deputados foi alcançado.
 
"Atrasar essa votação é atrasar o Brasil”, disse o líder do governo, Agnaldo Ribeiro (PP-PB), ao apelar para que o quórum fosse atingido. Logo que chegou-se ao mínimo de 342 deputados, os oposicionistas marcaram presença e fizeram uso da palavra para pedir o afastamento do presidente Michel Temer. Compareceram à Câmara nesta quarta-feira 487 dos 513 deputados.
 
A denúncia
No dia 14 de setembro, o ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot apresentou ao STF a segunda denúncia contra o presidente Michel Temer. Em junho, Janot já havia denunciado o presidente pelo crime de corrupção passiva. Desta vez, Temer foi acusado de liderar uma organização criminosa desde maio de 2016 até 2017. De acordo com a denúncia, o presidente e outros membros do PMDB teriam praticado ações ilícitas em troca de propina, por meio da utilização de diversos órgãos públicos. Além de Temer, foram acusados de participar da organização os integrantes do chamado "PMDB da Câmara": Eduardo Cunha, Henrique Alves, Geddel Vieira Lima, Rodrigo Rocha Loures, Eliseu Padilha e Moreira Franco. Todos os denunciados negam as acusações.
 
Com o resultado de hoje, o processo fica parado enquanto Michel Temer estiver no exercício do mandato de presidente da República, ou seja, até 31 de dezembro de 2018.
 
Fonte: Agência Brasil
 

 

principal   |  voltar  |  imprimir


Envie seu Comentário
Os comentários enviados no site são moderados. Antes de escrever, leia as regras abaixo. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

O DESTAKINEWS não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.

 

Últimas Noticias

.
17/11/2017 - 07:41  Brasil Ride vem aí: Redbull divulga release do Campeonato Mundial MTB 24 horas em Costa Rica
16/11/2017 - 14:48  Festa Surpresa para Padre Sabu Jacó
16/11/2017 - 07:28  Corinthians bate o Flu de virada e conquista o 7º titulo do Brasileirão
14/11/2017 - 12:35  CerradinhoBio é destaque no Prêmio MasterCana 2017
14/11/2017 - 09:25  Aposta única leva mais de R$ 5 milhões de reais na Quina
14/11/2017 - 09:04  A força da imprensa consegue agilizar atendimento no IML de Paranaíba
14/11/2017 - 08:59  Nikon vai encerrar loja oficial no Brasil no fim de 2017 A empresa disse que a decisão é parte ...
14/11/2017 - 08:57  Oportunidade! PRONATEC pesquisa demanda para cursos técnicos em Chapadão do Céu
12/11/2017 - 07:54  É com pesar que noticiamos o falecimento da sr Édna esposa do Jair da Lenha
10/11/2017 - 09:14  Fazenda na margem da MS 306 é roubada
10/11/2017 - 09:11  Vem aí o 15º Leilão Direito de Viver de Costa Rica
10/11/2017 - 09:10  Produtores de algodão satisfeitos com prorrogação do Convênio 100/97
10/11/2017 - 09:08  Qualidade da FACHASUL lhe rende contemplação do EAD PREMIUM Unopar
10/11/2017 - 07:54  Secretaria de Educação informa as datas para as matrículas do Ensino Fundamental I
09/11/2017 - 10:43  Fazenda em Goiás tem recorde brasileiro em produtividade de trigo
09/11/2017 - 10:41   Locais de prova do Encceja 2017 já estão disponíveis para consulta, diz Inep
09/11/2017 - 07:59  Polo Unopar FACHASUL lança Cursos EAD Premium nesta quinta-feira
09/11/2017 - 02:35  CPR 2º BPM RV de Chapadão do Céu prende mais de meia tonelada de droga
08/11/2017 - 15:45  Prefeitura de Chapadão do Céu inicia obras na Escola Flores do Cerrado.
08/11/2017 - 08:41  Participante indireto do roubo à relojoaria é preso por tráfico de drogas
 
 

Chapadão do Céu - GO
CerradinhoBio é destaque no Prêmio MasterCana 2017


Chapadão do Céu - GO
Vem ai 1ª Festa da Santa Luzia


Prefeitura de Chapadão do Céu - GO
Secretaria de Educação informa as datas para as matrículas do ...




15/11/2017
Festa Sutpresa - Padre Jacó
09/11/2017
Fachasul inaugura novos cursos digital
29/10/2017
Retiro dos Jovens Emaús
28/10/2017
Festa Primavera-Micael Vespertino-Galeria 01
28/10/2017
Festa Primavera-Micael Vespertino-Galeria 02









® DESTAKI EMPREENDIMENTOS ®  Adriano Diogo Rodrigues – ME CNPJ 11.687.040/0001-70 - Site : www.destakinews.com.br E-mail  : adrpublicidades@hotmail.com  Av. Ema Oeste Nº 42 sala 2A Enfrente a Câmara Municipal  Chapadão do Céu – GO CEP 75828-000 - Redação : (64) 3634 – 2139 , Adriano Diogo  Fone Zap (64) 99653 – 4606  , Cris  (64) 99653 – 4937  “ O pouco com DEUS é muito, o muito sem DEUS não é nada leia a Bíblia ‘’  Ao copiar matéria deste site  publicar a fonte, a não publicação fica a determinação sujeito às sanções previstas na Lei nº 5.259/1967 (Lei de Imprensa)